Reabilitação Pós-Covid

Mesmo depois da alta hospitalar muitos são os relatos de sintomas pós Covid que perduram e afetam o dia a dia dos indivíduos. Sequelas físicas e mentais requerem cuidados especiais para a recuperação da saúde e qualidade de vida.


Muitos são os relatos de sintomas pós Covid que perduram e afetam o dia a dia

A reabilitação pós COVID tem se tornado de conhecimento de muitas pessoas que chegaram a manifestar a doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, seus sintomas e suas consequências remanescentes que ainda afetam o dia a dia, sequelas físicas que não desaparecem sozinhas.


As sequelas mais prolongadas são observadas em pessoas que tiveram as versões severas da doença. Pode-se dizer que o quadro sai da urgência mas entra em um outro quadro com características crônicas, que pede cuidados prolongados de uma equipe multidisciplinar.


Conhecidos também como COVID longa ou sequelas agudas pós-COVID, são diversos os sintomas causados pela doença e o fato é que, mesmo após a recuperação, é relevante a quantidade de pessoas que foram afetadas pela Covid-19 com um quadro moderado a grave, e que continuam a sofrer com os sintomas que permanecem, sequelas que não têm prazo de validade e que acabam requerendo intervenções específicas para seu tratamento e fim.



As sequelas mais prolongadas são observadas em pessoas que tiveram as versões severas da doença.

Essas consequências pós-Covid ocorrem, em sua grande maioria, por conta do processo inflamatório exacerbado que é desencadeado em nosso organismo pelo vírus. Esse processo, também é chamado de tempestade inflamatória, pois trata-se de uma enxurrada de substâncias que, teoricamente, deveriam ajudar na defesa contra o vírus, mas que, em excesso, acabam danificando o organismo. É um auto ataque.


A tempestade inflamatória gera agravamentos nos pulmões, rins, além de acentuar os impactos da internação, como na mobilidade ou circulação. Por esses motivos, pode ser necessária uma reabilitação específica para que a recuperação seja satisfatória.


A tempestade inflamatória gera agravamentos nos pulmões, rins, além de acentuar os impactos da internação

Algumas complicações são mais graves ou muito persistentes no pós-Covid-19 e elas envolvem, principalmente, os pulmões, rins e condições de doenças preexistentes.


No pulmão, por exemplo, a recuperação costuma demorar mais. Com a partida do vírus, a inflamação ainda pode persistir por semanas, comprometendo seu funcionamento e, em alguns casos, deixando cicatrizes como as fibroses, que são irreversíveis ou a bronquiolite obliterante, quando as células não conseguem se recuperar após inflamação ou infecção dos pulmões. Células inflamatórias podem também acometer o rim e levar a fibrose até lá, gerando até, em alguns poucos casos, insuficiência renal aguda e necessidade de tratamento de diálise.


Além do pulmão, que se enquadra em um sintoma respiratório da Covid, há ainda a classificação de outros sintomas, como os musculoesqueléticos, digestivos e neurológicos. Há também os casos de agravamento de doenças preexistentes, pessoas que já tinham alguma doença mas que tem seus sintomas piorados depois da Covid-19. Um caso de diabetes, por exemplo, pode se tornar mais difícil o controle da glicemia e tratamento adequado.



Com a partida do vírus, a inflamação ainda pode persistir por semanas no pulmão, comprometendo seu funcionamento

A ciência segue investigando e buscando muitas respostas, até mesmo convivemos há poucos meses com essa nova realidade. Mas o que se sabe até o momento é que a maior parte dos quadros com sequelas permanentes podem ser resolvidas com a reabilitação pós-covid e uma boa equipe multidisciplinar. O cuidado pós alta é fundamental para a recuperação plena do paciente.


E o que é exatamente a Reabilitação Pós-Covid?

É exatamente o tratamento para sequelas de quadros graves de Covid e sintomas que continuam mesmo após a doença, a fim de devolver a qualidade de vida e dignidade ao paciente.


A recomendação é iniciar a reabilitação logo após a alta hospitalar. Este cuidado emergencial é fundamental para agilizar a volta a uma vida normal e produtiva, assim como para evitar complicações que podem evoluir para quadros mais graves ou levar a novas internações.



A recomendação é iniciar a reabilitação logo após a alta hospitalar.

Como que a Saúde em Evidência pode ajudar?

Com profissionais na área de fisioterapia e educação física é possível tratar os sintomas abaixo, que são os mais prevalentes em pessoas com histórico de COVID-19 e hospitalização, com internação em enfermaria e/ou unidade de terapia intensiva (UTI):


  • Fadiga (redução da tolerância ao esforço) devido acometimento sistêmico;

  • Dispneia (falta de ar) devido acometimento pulmonar e/ou cardíaco;

  • Perda de força muscular;

  • Dor muscular;

  • Perda de funcionalidade e dificuldade em realizar atividades cotidianas;

  • Perda de equilíbrio e coordenação;

  • Condicionamento cardiorrespiratório;

  • Distúrbios do sono;

  • Ansiedade, depressão e estresse pós-traumático.

Orientações para prevenção de quedas e melhora da acessibilidade também podem ser empregadas.


Além da excelente capacitação dos profissionais, a Saúde em Evidência conta com uma ótima estrutura em seu programa de reabilitação, com equipamento de ponta e recursos de forma segura.


A Saúde em Evidência conta com uma ótima estrutura em seu programa de reabilitação.

Se você conhece alguém que ainda sofre com as sequelas da Covid, converse com ele sobre o programa de Reabilitação. Muito felizmente, os pacientes acometidos por estes quadros mais graves e sequelas da Covid-19 costumam apresentar boa resposta às intervenções de reabilitação, que devem ser precoces, oportunas e individualizadas na medida de cada paciente para que se obtenha melhores resultados.


__________________________________________________________________________


Esse conteúdo foi útil para você? Deixe seu comentário ou dúvidas para continuarmos falando mais sobre reabilitação em pacientes com sequelas do Covid!


#reabilitacaointensiva #fisioterapia #sistemabrainmov #reabilitacao #saude #combateahipertensão #qualidadedevida #bemestar #saudeemevidencia #sjc #saojosedoscampos #sjcampos




10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo