Profissional de Educação Física

O profissional de educação física sempre teve sua importância para a saúde em nosso dia a dia. Com a chegada da pandemia, isso se acentuou ainda mais e a profissão vem só crescendo.

Profissional de educação física auxiliando idosa na prática de exercício físico.
De acordo com o IBGE, em 2019, no Brasil, 40,3% dos adultos foram classificados como insuficientemente ativos.

Contar com profissionais de educação física é um ato de saúde pública.

Eles são responsáveis por promover a saúde das pessoas por meio da prática de atividades físicas, seja no âmbito mental, social ou físico.


A prática de exercícios físicos atua de forma importante na saúde populacional. É por meio dela que é possível se viver com mais disposição e qualidade de vida, trabalhando na prevenção de adversidades e promovendo um envelhecimento saudável. No âmbito das doenças, a atividade física consegue prevenir doenças crônicas e metabólicas como a hipertensão, diabetes tipo 2, problemas cardiovasculares, respiratórios e o grande mal do século, a obesidade.


De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2019, no Brasil, 40,3% dos adultos foram classificados como insuficientemente ativos, ou seja, praticam menos de 150 minutos de exercício por semana. Paralelamente a isso, a OMS (Organização Mundial da Saúde), no mesmo ano, constatou que 70% das pessoas no mundo eram sedentárias.


Se considerarmos que esses dados foram colhidos antes da pandemia de COVID-19, já se imagina que a situação atual aprofundou ainda mais essa questão. Isolamento social, trabalho a partir de casa, crianças sem irem às escolas.

Homem e mulher praticando pilates.
A área de atuação do Educador Físico é vasta, cada uma com sua devida importância no bem-estar do seu humano.

Para exercer essa atividade, o profissional de educação física deve ter vasto conhecimento sobre o funcionamento do corpo humano para elaborar um plano de treino adequado para cada indivíduo, indo desde a anatomia, fisiologia, cinesiologia, biomecânica, psicologia e metodologia de ensino. Por fim, esse profissional tem conhecimento nas áreas médicas, pedagógicas, psicológicas e sociais.


A área de atuação do profissional de educação física é vasta, cada uma com sua devida importância no bem-estar do seu humano. Eles têm diversos campos de atuação e um mercado de trabalho aquecido e com boas oportunidades.


Algumas dessas áreas de atuação são:


  • Ginástica laboral - o foco é para a prática de atividades corporais em empresas, uma vez que funcionários trabalhando em escritórios, clínicas ou indústrias, por exemplo, se movimentam pouco, podendo acarretar problemas de saúde. Muitas dessas empresas contratam profissionais de educação física para trabalhar exercícios laborais com seus trabalhadores e oferecer melhor condição de trabalho e de saúde.

  • Academias - na elaboração do plano de treino individualizado ou coletivo, pensando no objetivo a ser alcançado. Ele faz a orientação sobre a correta maneira de executar cada exercício e o acompanhamento de sua execução e estratégias de treino.

  • Saúde e reabilitação - vão agir com exercícios extremamente específicos para o tratamento de reabilitação e capacitação do indivíduo para executar suas atividades e recuperar autonomia. Nessa área, é bastante comum a atuação do profissional de educação física juntamente com a fisioterapia.

  • Esporte - especializando-se em determinado esporte e atuando no preparo de atletas a fim de conseguirem entregar sua melhor performance.

  • Ensino - como educadores, incentivando a prática da atividade física em crianças e adolescentes em escolas, por exemplo, e trabalhando diversas modalidades esportivas.

  • Gestão - contempla a atuação na gestão de espaços e projetos relacionados à prática de exercício físico e esportes, como em empresas privadas e públicas, com programas de incentivo à prática de atividades físicas, gerindo seus próprios serviços e empresas.

  • Lazer - trabalho voltado para recreação, hotéis, spas, resorts entre outros;

  • Pesquisa - quanto mais o mercado cresce e a ciência evolui, mais o profissional de educação física precisa estudar e pesquisar. É por isso que essa área se empenha em encontrar soluções para oferecer através do exercício a melhora na qualidade de vida, no auxílio ao tratamento de quadros clínicos e a tudo que se relaciona à saúde física.

Mulher negra sorrindo e profissional de Educação física dando suporte ao fundo.
O profissional de Educação Física influencia e proporciona a execução de atividades que promovem o bem-estar.

Uma das tendências também no mercado de trabalho do profissional de educação física é a atuação como personal trainer, uma vez que o digital vem tomando bastante espaço em todos os quesitos de nossa vida. Essa mesma oportunidade surgiu para os educadores, que utilizam desse meio para auxiliar na prática de exercícios físicos. Vale ressaltar aqui que é importante sempre buscar um profissional capacitado para esse tipo de programa também.

Diante tantas áreas e o tanto que pode ser feito para entregar saúde ao ser humano através da prática de exercício físico, o reconhecimento da importância e das capacidades de um profissional de educação física é apenas consequência disso tudo. Eles têm se tornado cada vez mais necessários, tendo o grande papel de influenciar, mobilizar, incentivar e proporcionar a execução de atividades físicas de forma responsável e promotora de bem-estar.


__________________________________________________________________________________


Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e converse com um de nossos profissionais de Educação Física.



#atividadefisica #bemestar #fisioterapia #reabilitacao #saude #qualidadedevida #saudeemevidencia #sjc #saojosedoscampos #sjcampos


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo